Posto Radar 2 - Eldorado dos Carajás, PA

O Combustível

Garantia de qualidade em gasolina, álcool, etanol e diesel!

Confira:
Gasolina Etanol (Álcool) Díesel Diesel (S10)

O Melhor combustível de Eldorado dos Carajás- Pará

O Posto Radar 2 visa o abastecimento do seu veículo com agilidade, rapidez e somente com combustível de qualidade certificada.

Nossa empresa é formada por um quadro de profissionais com grande experiência e tendo como princípios a ética e a competência, a empresa está comprometida com a seriedade e com o compromisso no atendimento aos clientes.

No percurso de uma viagem uma das principais preocupações do condutor de um veículo é de onde abastecer. Aqui no Posto Radar 2 você pode abastecer o seu carro com tranquilidade, pois a nossa empresa segue rigorosamente padrões de qualidade do combustível.

Garantia de Qualidade em Combustível

 

A experiência comprovada em soluções integradas para abastecimento e em serviços faz do Posto Radar 2 o parceiro ideal para você e o seu veículo.

Posto Radar 2 oferece a seus clientes, combustíveis da mais alta qualidade.

- Etanol
- Diesel BS 500 - original
- Diesel BS-10 original
- Gasolina Original

Além de inúmeros outros serviços complementares, calibragem de pneus, Lavagem de para brisa, checagem de óleo e água, e ainda você poderá contar com um atendimento cordial de uma equipe de frentistas nota dez, sempre a postos para melhor lhe servir, pois este é um de nossos diferenciais.


DÍESEL S-10

Óleo Diesel do Posto Radar 2

O DÍESEL S-10 é um tipo combustível de última geração fundamental para reduzir a emissão de material particulado e NOx.

O “S” vem de enxofre e o número 10 sinaliza a quantidade desse elemento no combustível em ppm (Partículas por Milhão). Ou seja, o novo diesel contém 10 partes por Milhão de enxofre, uma mudança radical se comparado ao diesel utilizado nas regiões interioranas atualmente, o S1800, com 1.800 partes por milhão de enxofre.

O DÍESEL S-10 traz benefícios de melhor partida a frio, redução de fumaça branca, redução na formação de depósitos e aumento da vida útil do óleo lubrificante que podem ser facilmente percebidos pelos motoristas.

O novo diesel traz também benefícios relacionados à proteção do motor, com relação ao desgaste e à formação de depósito. O período de troca de lubrificantes pode ainda ser um pouco mais estendido.


GASOLINA

Gasolina do Posto Radar 2

A gasolina é o derivado de petróleo mais popular em nosso país, onde o seu consumo tem aumentado significativamente nos últimos anos.

A gasolina é um Combustível constituído basicamente por hidrocarbonetos e, em menor quantidade, por produtos oxigenados. Esses hidrocarbonetos são, em geral, mais leves do que aqueles que compõem o óleo diesel, pois são formados por moléculas de menor cadeia carbônica (normalmente de 4 a 12 átomos de carbono). Além dos hidrocarbonetos e dos oxigenados, a gasolina também pode conter compostos de enxofre e compostos de nitrogênio. A faixa de destilação da gasolina automotiva varia de 30 a 220 °C.
Os tipos de gasolina são oferecidos de acordo com as principais características de projeto dos motores, em função da taxa de compressão do motor e outras variáveis que afetem a temperatura e pressão dentro do motor; e do tipo de sistema de injeção do combustível - eletrônica.
A escolha do tipo de combustível mais adequado para cada veículo deve ser feita de acordo com a orientação do fabricante, através de consultas ao manual do proprietário ou ao serviço de atendimento ao cliente, nos casos em que estas informações não estejam claras. Alguns fabricantes, principalmente de veículos importados, informam o valor da octanagem (RON), cabendo ao usuário a escolha do tipo da gasolina mais adequado dentre as opções disponíveis no país.

Gasolina aditivada

A gasolina aditivada, disponível em alguns postos, é uma gasolina comum acrescentada de aditivos detergentes-dispersantes. Esses aditivos têm como finalidade a limpeza do sistema de alimentação de combustível, incluindo linha de combustível, bomba, galeria de combustível, injetores e válvulas de admissão. Seu uso permite que o motor opere nas condições especificadas pelo fabricante por mais tempo, o que reduz consumo e emissões e aumenta o intervalo entre manutenções. Ao contrário do que se pensa, a gasolina aditivada não aumenta a octanagem do combustível. As gasolinas de alta octanagem são chamadas, genericamente, de gasolinas premium.

Gasolina Comum

A Gasolina comum ao passar pelas partes do motor do carro (nas válvulas e no pistão) deixa resíduos, sujeiras que são uma espécie de goma.

Com o passar do tempo, o acúmulo desta goma dificulta a mistura da gasolina com o ar, o que provoca a queima e gera energia para o motor funcionar. Diminuindo, assim, a eficiência do carro.

A grande diferença da gasolina aditivada para a gasolina comum, é que a aditivada possui uma espécie de detergente.

Este detergente (aditivo) ao passar pelo motor dissolve a goma, evitando o acúmulo de mais resíduos, assim a sujeira vai junto com o combustível e também é queimada.

Gasolina adulterada

Gasolina adulterada é caracterizada pela adição irregular de qualquer substância, sem recolhimento de impostos, com vistas à obtenção de lucro. Ela recebe elementos que a diferenciam da gasolina comum, como dioxido de enxofre.


ETANOL (ÁLCOOL)

Etanol (Álcool) do Posto Radar 2

A experiência brasileira com etanol de cana-de-açúcar é o mais bem-sucedido programa de combustível alternativo já desenvolvido no planeta. O Brasil é o único país do mundo que combina uma ampla frota de veículos bicombustíveis (flex) com distribuição de etanol combustível barato em larga escala. Apesar disso, ainda pairam sobre ele vários mitos e inverdades. O objetivo desta cartilha é justamente esclarecer as principais dúvidas sobre esse combustível verde, hoje o melhor substituto comercial para os derivados do petróleo.

O que é etanol?

O etanol (nome técnico do álcool etílico combustível) pode ser produzido a partir de várias matérias-primas, como milho, trigo, beterraba e cana-de-açúcar. Trata-se de uma fonte de energia natural, limpa, renovável, sustentável e mais democrática do que os combustíveis fósseis. No Brasil, existe o etanol hidratado, com 5% de água, que abastece os automóveis flex, e o etanol anidro, com 0,5% de água, misturado na gasolina numa proporção de 20% a 25%.
A partir do momento em que as primeiras folhas de cana-de-açúcar começam a pintar de verde a terra dos canaviais, o etanol já está ajudando o planeta e a saúde de seus habitantes. Veja o porquê:

Como o etanol ajuda a reduzir a poluição do ar e o aquecimento global?

O etanol polui menos o ar do que os derivados do petróleo porque é um combustível mais limpo (não contém certos poluentes, como o benzeno, que são prejudiciais à saúde e ao meio ambiente). Além disso, a sua queima é mais completa, reduzindo a quantidade de poluentes na atmosfera. O processo de produção e uso do etanol de cana-de-açúcar, que se inicia com o plantio da cana e termina com os gases que saem do escapamento dos carros, é responsável pela absorção de cerca de 90% dos gases de efeito estufa durante o ciclo de vida do combustível.


DÍESEL

O Óleo Diesel

Óleo Diesel do Posto Radar 2

O óleo diesel é um combustível derivado do petróleo sendo constituído basicamente por hidrocarbonetos (compostos orgânicos que contém átomos de carbono de hidrogênio). Alguns compostos presentes no diesel, além de apresentar carbono e hidrogênio, apresentam também enxofre e nitrogênio.

Produzido a partir da refinação do petróleo, o óleo diesel é formulado através da mistura de diversas correntes como querosene, gasóleos, nafta pesada, diesel leve, diesel pesado, etc., provenientes das diversas etapas de processamento do óleo bruto.

As proporções destes componentes no óleo diesel são aquelas que permitem enquadrar, o produto final, dentro das especificações previamente definidas e que são necessárias para permitir um bom desempenho do produto, além de minimizar o desgaste nos motores e componentes e manter a emissão de desgaste e nos motores e componentes e manter a emissão de poluentes, gerados na queima do produto, em níveis aceitáveis.

Tipos de Óleo Díesel

Conforme determinação do DNC, a PETROBRAS coloca à disposição do mercado três tipos de Óleo Díesel, a saber:

TIPO A– Diesel automotivo, utilizado em motores diesel e instalações de aquecimento de pequeno porte.

TIPO B - Diesel metropolitano. É também utilizado para aplicação automotiva. Difere do diesel Tipo A por possuir no máximo 0,5 % de enxofre e por somente ser comercializado para uso nas regiões metropolitanas das seguintes capitais: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza e Aracaju.

TIPO D – Diesel marítimo. É produzido especialmente para utilização em motores de embarcação marítimas. Difere do diesel Tipo A por Ter especificado o seu ponto de fulgor em, no mínimo, 60 oC. Este diesel não é produzido pela REGAP.

Óleo Diesel Aditivo

Parte do óleo diesel (normalmente diesel dos tipos A ou B), após sair da refinaria, recebe, nas distribuidoras, uma aditivação que visa conferir ao produto melhores características de desempenho. Normalmente esses aditivos apresentam propriedades desemulsificante, anti-espuma, detergente, dispersante e de inibidor de corrosão.
Com essas características pretende-se evitar que o diesel forme emulsão com a água, dificultando sua separação do produto e impedindo a sua drenagem. Pretende-se, também, permitir o rápido e completo enchimento dos tanques dos veículos (o que antes era prejudicado pela geração de espuma), manter limpos o sistema de combustível e a câmara de combustão, aumentando a vida útil do motor, minimizando a emissão de poluentes e otimizando o rendimento do combustível.